Pesquisa imobiliária requer várias estratégias

//Pesquisa imobiliária requer várias estratégias

Pesquisa imobiliária requer várias estratégias

Quando o assunto é pesquisa imobiliária, logo se pensa em mão na massa: visitas e mais visitas para avaliações e levantamentos. Não é esta a primeira impressão?

Pois bem. A metodologia utilizada para este segmento tende a seguir algumas aplicações específicas, que são utilizadas com mais frequência por serem também mais eficazes na obtenção das informações necessárias.

A modalidade de pesquisa qualitativa, segue por três caminhos: DG, EP e Etnográfica. Já na quantitativa, se faz através de entrevista pessoal, seja presencial ou por telefone. A que será utilizada depende basicamente do que se busca de informações para a pesquisa. Por exemplo: Se o cliente quer saber o que os compradores de imóveis (casa ou apartamento), buscam encontrar em um empreendimento, faz-se uma pesquisa qualitativa, especificamente a DG.

Se o intuito é saber o número de pessoas que querem comprar um imóvel nos próximos 12 meses, a melhor estratégia é a pesquisa quantitativa por amostragem.

A pesquisa qualitativa é caracterizada pela investigação da experiência de cada pessoa, focando mais em questões particulares. Estuda-se aqui o comportamento individual dos potenciais consumidores.

No caso da quantitativa, que trabalha com números e, através deles, conhecer a intenção dos entrevistados que representam o universo do segmento pesquisado.

2017-04-17T08:00:31+00:00 17/04/17|Tags: , , |0 Comentários

Deixar Um Comentário